Home / Regional Ceará / Política / Quixadá: Concursados, que tiveram sonhos interrompidos por prefeito afastado por corrupção, vão as ruas comemorar homologação de concurso

Quixadá: Concursados, que tiveram sonhos interrompidos por prefeito afastado por corrupção, vão as ruas comemorar homologação de concurso




Nesta sexta-feira (7), data em que é comemorada a Independência do Brasil, os aprovados no concurso realizado em 2016 pela Prefeitura de Quixadá irão às ruas festejar a tão sonhada homologação do certame. Com sentimento de liberdade e alívio, os concursados realizarão o “Buzinaço da Vitória”, evento que começara às 16h e terá concentração no Polo de Lazer do Eurípedes.




Os organizadores estão convocando amigos, familiares e a sociedade quixadaense, de uma maneira geral, a se juntarem a eles e comemorar a libertação das amarras do prefeito Ilário Marques, que foi afastado da função por comandar suposto esquema de corrupção. “Este evento é uma forma de dizer que somos independentes, que não ficamos esperando favor de político em nos arrumar um emprego”, disse o aprovado para o cargo de professor de Língua Portuguesa, Fundamental II, Valdecir Costa.

A homologação do concurso foi determinada pelo juiz da 3ª Vara da Comarca de Quixadá, no último dia 23 de agosto. O sonho dos aprovados no concurso, realizado pela gestão de João da Sapataria, havia sido interrompido por Ilário Marques que, ao assumir a chefia do Executivo local, anulou a homologação do certame. Para garantir o direito das pessoas que estudaram e que conseguiram a aprovação para uma das vagas estabelecidas no edital, o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) entrou em ação. “O Ministério Público foi peça fundamental, fez um trabalho bem fundamentado e que nos ajudou, garantindo que foi uma seleção legal”, lembra Valdecir.

O prefeito em exercício, João Paulo Meneses, ao assumir no lugar do antecessor, assinalou que iria conversar com os aprovados. Não foi necessário, pois a justiça já havia determinado a homologação e agora os concursados estão na expectativa de que serão convocados. “Esperamos que ele convoque, de acordo com a necessidade da gestão, mas sabemos que na Educação tem muitos contratados”, afirmou o professor.

Credito Monolisto Post

Comente com facebook

About Redator

Redator

Check Also

Quixadá: Mulher que teve braços decepados a golpes de foice, necessita de fraldas e material de higiene pessoal

No último 25 de novembro na localidade de Fonseca, zona rural de Quixadá, a agricultora Vera …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

36 − = 30